SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34



Associação Médica Brasileira conclui que hidroxicloroquina é ineficiente à Covid-19

24/06/2021

Compartilhar



A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou nesta quarta-feira (23) mais um estudo que comprova a ineficiência do uso de hidroxicloroquina na prevenção e também no tratamento contra a Covid-19. Foi constatado que o medicamento não diminui o contágio, a hospitalização, o agravamento ou o óbito.

Além disso, a investigação atesta que o uso profilático da hidroxicloroquina “aumenta o risco de eventos adversos em 12%”. 

Embasando-se em 9 ensaios randômicos internacionais, com duplo cego e grupo placebo, a associação teve por objetivo criar uma diretriz de conduta médica no Brasil.

“Não é recomendado o uso de HCQ na profilaxia ou no tratamento de pacientes com quadro de covid-19 leve”, conclui a pesquisa.

De fato, usar um remédio que não faz efeito para uma doenças que não se tem, ainda que preventivamente, não é algo recomendável.



Comentários


















Leia também:

São José do Rio Pardo
Entrevista com o Secretário de Obras sobre a alteração na coleta do lixo

São José do Rio Pardo
Após audiência pública, novos dias e horários de coleta de lixo são anunciados

Regionais
Temperatura cai em toda a região e mínima apontada é de 1º

Proteção animal
Toco Quessada agradece prefeito e Secretário de Saúde de S.José do Rio Pardo

Mais notícias…




Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais

contato@jornaldemocrata.com.br